terça-feira, 8 de junho de 2010

Sobre racismo

Postado por Raquel Ferreira às 1:14 PM
Gente tem certas coisas que eu fico indignada....
Vou fazer uma pergunta,e que vou responder no final no post, de onde vem o racismo?
Lei contra o racismo:
Artigo 1º Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional

Esse é o dispositivo legal sobe o racismo.
Passei por uma situação onde um afro-brasileiro me chamou me lagartixa de parede e de macarrão da santa casa. Isso é preconceito?
Os negros podem sair com a camisa escrito 100% negro, e se um branco sai com uma camisa escrita 100% branco, é preso por racismo.
Onde na legislação, esta falando "raça afro brasileira, cor negra" NÃO ESTA ESPECIFICANDO NENHUM TIPO DE COR, RAÇA OU CREDO.
Portanto xingar um branco de lagartixa É SIM PRECONCEITO, andar com uma camisa escrito 100% É SIM PRECONCEITO.
Quando o afro-brasileiro me xingou de lagartixa de parede e macarrão da santa casa, se eu tivesse respondido pra ele, e vc é um macaco e um carvão, coisas que são semelhantes pq lagartixa e macaco são animais,carvão pode usar pra fazer o macarrão e etc, eu seria presa pro racismo.
Então onde fica o principio da igualdade? Por que chamar um afro-brasileiro de macaco é preconceito e chamar um caucasiano de lagartixa não é?
Por que ofender o caucasiano pode ser chamado de branco, e o afro-brasileiro não pode ser chamado de preto?
No fim, tudo é cor, tudo é animal, tudo é a MESMA COISA.
Então de onde vem o preconceito? O prenconceito vem de dentro da pessoa, a maioria dos afro-brasileiros se sentem ofendidos por serem chamado de macacos, um dos animais mais inteligentes da terra e eu não posso me sentir ofendida de ser chama de uma simples lagartixa?
O afro-brasileiro pode ter orgulho de ser 100% e eu não posso de ser 100% branca?
Ai vc vem e me fala "nao existe no brasil pessoas que são 100% brancas" e existem pessoas 100% negras?
Quantos negros não tem traços de brancos e vice-versa?
Ter orgulho da sua cultura, tanto afro-brasileira, quanto europeia, não é ser preconceituoso.
E não falo isso pq me considero branca, pelo contrario, eu sou de coração e alma afro-brasileira, minha religião é o Candomblé com orgulho, acredito na cultura negra no Brasil e valorizo, porque sem ela, o Brasil não seria esse pais maravilhoso, com seu folclore, lendas, religiões e supertições que intrigam o mundo todo...
Tenho orgulho de falar " Eu sou 100% Brasileira" e isso quer dizer que nao sou branca nem preta, sou BRASILEIRA.
Tenho muito de branco, a cor, o cabelo, alguns costumes, pq a familia do meu pai é toda Italiana, meus avós nasceram na Italia.
Como meu bisavó por parte de mãe, era negro senhor de engenho, e casou com uma india, que pegou a laço( como era antigamente).
Então a cor da minha pele determina que cultura eu devo seguir?Sendo que eu tenho todas elas dentro de mim? Correndo no meu sangue?
Então, mais uma vez eu pergunto, de onde vem o preconceito?
Vem de dentro, vem da vitimização, vem da falta de esclarecimento, vem da vergonha de ser o que é. Muitos podem ficar ofendidos com meu post, mas a maioria dos negros tem preconceito contra os brancos. Se for olhar de uma perspectiva diferente da vitimizada, que o proprio negro se coloca, eles tem mais preconceito que os brancos. Eles se sentem mais ofendidos, mais vitimizados, mais desfavoraveis.
Cara, isso não existe, eu to nem ai se eu sou lagartixa de parede, macarrão da santa casa, bronzeado de parede, porque É ESSA A MINHA COR E SE E ISSO QUE VOCÊ VÊ EM MIM O PROBLEMA É SEU.
Como se um negro é chamado de macaco, de carvão, não deveria se sentir ofendido porque o preconceito vem da outra pessoa e quando vc se ofende, vc esta tendo preconceito contra você mesmo.E daí que alguem te acha um macaco? O problema é dele e não seu....
O preconceito, vem de dentro de cada um.
Se um branco se sente ofendido por ser chamado de lagartixa, esta sendo preconceituoso com ele mesmo, não aceitando a cor que é dele.Idem para um negro.
Os negros tem que parar de agir como vitima, como coitadinhos, porque tem a mesma capacidade que um branco, um asiatico, um amarelo, um indio, porque TODOS NOS SOMOS SERES HUMANOS.
Pensem nisso!
Onde esta a legalidade de uma pessoa ser presa por sair com uma camisa escrito 100% branco e uma pessoa escrita 100% negra não?
Onde esta a legalidade de uma pessoa ser presa por chamar a outra de macaca, e uma pessoa não ser presa a chamar um branco de lagartixa?
A lei é clara, nao especifica cor ou raça, tudo é preconceito ou tudo não é preconceito depende do ponto de vista.
CHEGA DE ACHAR QUE XINGAR BRANCO NÃO É PRECONCEITO
CHEGA DE ACHAR QUE SOMENTE NEGROS TEM DIREITO AO SE OFENDER POR RACISMO.
Eu sou caucasiana, não sou branca.
Asssim como o negro é afro-brasileiro e não negro!
Entao agora, não se pode chamar branco de branco, porque configura preconceito.
Se não pode negro, porque pode branco? Qual diferença existe, a não ser da mentalidade da pessoa?
TUDO É COR NÃO É MESMO?
Entao parem e pensem, chega de vitimização, preto, negro, afro-brasileiro são tão humanos e capazes como qualquer outra raça ou cor.
Se a postura dos proprios mudar, a postura social muda e assim quebra esse vicio de vitimização.
Agora comigo é assim, me chamou de branca, lagartixa de parede, macarrão da santa casa eu vou fazer B.O, hahahahaha Porque eu sou é caucasiana...rs
Meninas, levei no tom de brincadeira mas é um assunto serio, e que eu vejo no meu dia a dia, a pessoa mesmo se coloca como vitima, e faz acontecer a situação preconceituosa!
Imagina se eu for levar a serio, todos os apelidos que ganho por ser branquela d+
È complicado mas é a realidade....
CHEGA DE COMPORTAMENTO VITIMIZADO
TODOS NOS SOMOS IGUAIS

4 comentários:

Marília e Gigi on 8 de junho de 2010 15:33 disse...

Concordo com você em tudo. Esses dias um anônimo veio em meu blog e me chamou de nega fedida, empreaginha doméstica e outros. O preconceito não é só na raça, mas classe social também. Não acredito em um Brasil 100% puro e digo mais, o preconceito realmente está na cabeça das pessoas, não pode haver só a valorização do preconceito contra o negro, mas sim contra todo e qualquer tipo de preconceito.

Kamylla... on 8 de junho de 2010 16:29 disse...

Falou bonito de mais...concordo plenamente com tudo o que disse...os próprios negros tem preconceitos contra eles mesmos,se fazem de vítima...fala sério...se nós "branquelas" chamamos alguém de nega,somos condenadas a pagar cesta básica,mas se alguém vem e me ofende me chamando de branquela burguesinha não acontece nada(¬¬)..vê se pode?
É revoltante...parabéns pelo post...
bjkixxxxxxxxxx
http://tatto-patinhas.blogspot.com/

Ellen Miguel on 9 de junho de 2010 12:52 disse...

Falou tudo Raquel...fico zangada com os negros uqe achamque tudo acontece com eles por sere negros.
bjossssss

Cíntia Mara on 12 de junho de 2010 02:11 disse...

Muito bom o texto! No Brasil tem preconceito contra tudo, preto, branco, índio, japonês, português... Tá certo que historicamente os negros sofreram agressões mais graves, mas isso não justifica que infrinjam aos outros "ofensas" que eles não gostariam de ouvir.

Bjs

Postar um comentário

E vocês meninas o que acham? Comentem!